top of page

Festas de Fim de Ano x Crianças autistas: Como celebrar de forma inclusiva?


Prepare a criança autista para as festas de fim de nao! Fonte: Freepik

As festas de fim de ano são momentos de alegria e confraternização, mas para crianças autistas, esse período pode ser repleto de desafios.


Entender as necessidades específicas dessas crianças e abordar as celebrações com sensibilidade é extremamente necessário para garantir que todos possam participar de forma tranquila nesta época festiva.


Como preparar a criança autista?

Celebrar o Natal e outras comemorações pode ser uma experiência intensa para crianças no espectro do autismo.


O ambiente festivo, com suas luzes brilhantes, músicas animadas, fogos de artifício e aglomerações sociais, pode se tornar uma sobrecarga sensorial, levando a desconforto e ansiedade.


Tanto as decorações natalinas, que possuem diversos tipos de iluminação, quanto os fogos de artifício na virada do ano acabam levando a criança autista a passar por momentos avassaladores.


Nesse contexto, criar espaços mais silenciosos e menos estimulantes durante as festas pode proporcionar um alívio necessário.


No entanto, existem outras formas de preparar ainda mais o ambiente e a criança. Abaixo, veja algumas dicas essenciais que farão a diferença neste momento!


1. Antecipe os eventos

Festas de Fim de Ano x Crianças autistas! Fonte: Freepik

A antecipação é fundamental para crianças autistas. Comunicar detalhes sobre as festividades com antecedência, desde a programação até o ambiente, ajuda a reduzir a ansiedade, permitindo que a criança se prepare mentalmente para o evento.


Esta é uma estratégia simples, mas eficaz, para criar um ambiente mais inclusivo.


2. Rotina é fundamental

Manter algumas rotinas durante as festas também é crucial. As crianças autistas muitas vezes têm rotinas específicas que lhe proporcionam conforto e segurança.


Durante as celebrações, tentar manter algumas dessas rotinas, se possível, pode ajudar a criar um ambiente mais estável.


3. Dê oportunidade de escolhas

Oferecer escolhas é outra maneira eficaz de tornar as festas de fim de ano mais acessíveis para crianças autistas. Isso pode ser aplicado em várias áreas, desde as atividades até as opções de alimentos.


Dar às crianças a oportunidade de fazer escolhas contribui para um ambiente onde elas se sintam mais no controle.


4. Tenha uma comunicação direta e clara

Como preparar a criança autista? Entenda mais aqui! Fonte: Freepik

A comunicação clara desempenha um papel fundamental. O uso de linguagem simples, juntamente com a criação de um "plano visual" do evento, ajuda as crianças autistas a entenderem o que esperar, minimizando surpresas desconcertantes.


5. Inclusão social

A promoção da inclusão social é outra consideração importante. Conversar com outras crianças presentes nas festas sobre a importância da compreensão e aceitação pode criar um ambiente mais solidário para a criança autista.


6. Integração sensorial

Atividades sensoriais podem ser incorporadas às festividades para proporcionar conforto e distração positiva.


Materiais táteis, como massinha, ou brinquedos sensoriais, podem servir como uma saída valiosa para as crianças que podem se sentir sobrecarregadas.


7. Respeito, sempre!

Respeitar o espaço pessoal da criança autista é crucial. Alguns podem preferir distância ou ter sensibilidades táteis, e respeitar essas preferências contribui para uma experiência positiva durante as festas.


Ao ajustar o ambiente, comunicar claramente e promover a inclusão, é possível tornar esse evento mais acessível e agradável para todos.


Essa abordagem não apenas beneficia as crianças autistas, mas também enriquece o espírito inclusivo das celebrações.



19 visualizações0 comentário
bottom of page